Elecnor frente al COVID-19

A propagação da COVID-19, surto de vírus classificado como pandemia pela Organização Mundial da Saúde desde 11 de março, levou as principais autoridades e administrações nacionais e internacionais a tomarem medidas extraordinárias a fim de atenuar a propagação do vírus, que está causando um impacto significativo na economia mundial. 

Desde a eclosão da pandemia, o Grupo Elecnor vem monitorando e criando protocolos de ação adaptados às recomendações transmitidas pelo Ministério da Saúde e pelas autoridades competentes da Espanha e em todos os mercado nos quais operamos, priorizando sempre a proteção da segurança e da saúde dos nossos trabalhadores.

Paralelamente à aplicação dessas medidas sanitárias, o Grupo Elecnor começou a tomar uma série de decisões para poder enfrentar uma situação excepcional e de enorme complexidade, que está gerando um estado de emergência econômica global. Estamos trabalhando para reorganizar a atividade produtiva do Grupo enquanto cumprimos as normas em matéria de saúde e segurança. Continuamos realizando a manutenção de infraestruturas críticas nos setores de energia, telecomunicações, água, gás e transporte, prestando um apoio essencial para todos os serviços públicos (utilities).

Nesse cenário complicado, o qual desejamos que seja o mais transitório possível, o Grupo decidiu implementar uma série de medidas a fim de preservar nosso futuro. O plano facilitará a recuperação da plena operatividade do pessoal quando a atividade econômica voltar à normalidade. Atualmente, a evolução da situação é imprevisível demais para determinarmos uma data de retorno à situação anterior à pandemia, bem como para avaliarmos com precisão o impacto desta nos nossos negócios.

Medidas implementadas

Nossa prioridade é garantir a segurança dos nossos funcionários, clientes e fornecedores, além de fortalecer a solidez do Grupo. Para nos assegurarmos disso, a Elecnor lançou algumas iniciativas alinhadas com as recomendações das autoridades. Por isso, uma parte importante do pessoal está trabalhando remotamente. 

  • Criação do Comitê de Acompanhamento COVID-19. As funções do referido comitê são de definir todas as recomendações a serem seguidas durante o período da epidemia de COVID-19, determinando as ações gerais a serem praticadas; as ações de treinamento e informação; as ações destinadas ao estabelecimento das medidas de contingência; a provisão dos recursos humanos, materiais e econômicos necessários; as mudanças de conduta etc., sempre regidas pelas orientações das autoridades competentes e dentro das possibilidades que permitam as restrições de meios que a crise possa ocasionar.
  • Elaboração de um Plano de Ação determinado pelo Comitê de Acompanhamento COVID-19 da Elecnor, que contempla uma pauta abrangente de medidas necessárias, alinhada com as recomendações das autoridades sanitárias, para garantir a proteção da saúde e, assim, limitar uma eventual disseminação do vírus, incluindo um manual de medidas de segurança e proteção específico para todas as pessoas que trabalham nas nossas obras.
  • Criação de um Plano Especial de Contingência que inclui as modificações das novas recomendações e diretrizes emitidas pelas autoridades competentes espanholas e internacionais. Esse plano define também o âmbito de atuação da Elecnor (e de seus trabalhadores) como fornecedor imprescindível dos operadores essenciais do sistema.
  • Para uma série de grupos vulneráveis e trabalhadores especialmente sensíveis, ativamos o “Procedimento de Ação para os Serviços de Prevenção de Riscos Profissionais ante a exposição ao SARS-CoV-2”. Dessa forma, tiveram um acompanhamento especial todos os nossos trabalhadores que padecem de alguma doença cardiovascular (incluindo hipertensão arterial), diabetes, doenças pulmonares, hepáticas ou renais crônicas, câncer em fase de tratamento ativo, imunodeficiências ou estão em fase de gravidez.
  • O projeto de Transformação Digital implementado no Grupo nos permitiu reagir com eficácia diante de uma crise como a atual, potencializando ao máximo o trabalho remoto em todas as áreas da empresa e, principalmente, nos grupos de risco.

Entre as medidas contempladas no Plano de Ação, está a implementação de processos de ajuste temporário de emprego de forma progressiva e de acordo com a evolução da pandemia nos diversos territórios em que operamos. A finalidade dessas decisões é assegurar o melhor futuro para a empresa e todos seus funcionários, utilizando as ferramentas de flexibilidade profissional consideradas como mais idôneas pelas legislações para superar esta crise.

Além disso, o Grupo está revisando todos os gastos de operações em nível global para reduzir os custos discricionários e adiar investimentos considerados menos prioritários, com o objetivo de salvaguardar a liquidez neste período de incerteza. 

A contribuição da Elecnor para o gerenciamento da crise sanitária

Consciente das circunstâncias excepcionais provocadas pela COVID-19, o governo decretou uma série de atividades econômicas essenciais para dar cobertura à população em diversos âmbitos, como o sanitário, o assistencial e o tecnológico, entre outros. A Elecnor está desenvolvendo numerosas tarefas em alguns desses âmbitos que passaram a ser fundamentais para manter a atividade econômica, favorecendo o setor sanitário, o trabalho remoto e a formação. 

A seguir, damos alguns exemplos da nossa contribuição:

  • Na área de telecomunicações, o Grupo está realizando a manutenção de primeiro nível dos equipamentos das redes fixa e móvel da Telefónica em metade da Espanha. Esses trabalhos são fundamentais e indispensáveis para manter a atividade econômica, favorecendo modalidades educativas ou de trabalho remoto, por meio de aulas à distância em formato digital. Também com a Telefónica, estão sendo realizados os trabalhos de manutenção dos equipamentos de climatização e energia de todos os edifícios da operadora em metade da Espanha, bem como o atendimento ao cliente de toda a rede fixa contratada em 11 províncias. Esses mesmos serviços também são prestados a toda a malha de rede fixa contratada da Orange em 20 províncias. 
  • No âmbito sanitário, a Elecnor está contribuindo para o funcionamento de vários hospitais em toda a Espanha, com diferentes trabalhos de manutenção e suporte nos hospitais Ramón y Cajal e no Clínico San Carlos de Madri, como também em diferentes centros de saúde, consultórios locais e edifícios de Atendimento Primário dependentes do Serviço de Saúde de Madri. Com o Grupo Quirón, estamos realizando trabalhos de manutenção e adequação para aumentar o número de quartos de UTI na sua rede de clínicas. Também estamos gerenciando trabalhos de manutenção total nas instalações do Serviço de Emergências do Principado das Astúrias e em quatro edifícios pertencentes ao Grupo Ilunion, cujos hotéis foram transformados em hospitais para o tratamento de pessoas infectadas e funcionários da área de saúde em Madri e Sevilla. Por último, a Elecnor contribuiu para o funcionamento do necrotério provisório no edifício do Tribunal de Justiça em Madri.
  • Na área de abastecimento de energia, o Grupo está mantendo suas atividades para que grandes operadores elétricos como Iberdrola, Endesa, Naturgy e Viesgo possam canalizar o transporte e a distribuição de energia aos lares espanhóis sem nenhum tipo de incidente. Além disso, a Elecnor mantém seu serviço de manutenção total em toda a rede do Canal de Isabel II, garantindo o abastecimento de água para a cidade de Madri.

Nós, da Elecnor, esperamos uma rápida recuperação de todas as pessoas infectadas pelo coronavírus e transmitimos um reconhecimento especial aos profissionais da área de saúde e a todas as pessoas que estão dedicando tempo e energia para nos proteger. 

Por último, o Grupo gostaria de agradecer a todos os funcionários pelo compromisso, esforço, sacrifício pessoal e por sua responsabilidade, principalmente aqueles que continuam trabalhando nas atividades consideradas essenciais nesses momentos tão difíceis, nos quais acreditamos que continuaremos sendo uma das referências fundamentais do mercado.