A Elecnor financia 11,95 milhões para a renovação da usina eólica de Malpica sem receitas reguladas
É uma das primeiras transações realizadas sem retribuição sobre o investimento na Espanha, após a reforma regulamentar no setor das energias renováveis.A Watson Farley & Williams foi o assessor do Bankia na operação de financiamento.
29 de junho de 2017

Madri, 29 de junho de 2017.- A Elecnor assinou e implementou os contratos financeiros com o Bankia para financiar 11,95 milhões de euros que são investidos na renovação da usina eólica de Malpica de Bergantiños, na Corunha. A operação torna possível a remodelação completa da usina eólica de 16,5 MW, que representa um investimento de 20 milhões de euros. 

A Watson Farley & Williams foi o assessor do Bankia na operação de financiamento da Usina Eólica Malpica, sociedade participada pela Elecnor por meio da Enerfin Enervento e da Elecnor Financiera. 

Esta é uma das primeiras transações realizadas na Espanha com financiamento integralmente de risco do mercado após a reforma regulamentar do setor das energias renováveis, representando um sucesso para a Elecnor, Bankia e Watson Farley & Williams.

O financiamento tem como objetivo o reequipamento do referido parque através da substituição dos 69 aerogeradores que tinha anteriormente por 7 aerogeradores novos, de maior potência, mantendo a mesma capacidade de geração do parque. O parque, que receberá apenas as receitas derivadas da venda de energia no mercado atacadista elétrico, é um dos primeiros que é financiado na Espanha nestas condições, sem qualquer tipo de subvenção, após a reforma regulamentar dos incentivos à geração de origem renovável.