A Elecnor Segurança, Willis Ibéria, GTD Sistemas de Segurança e SGS assinam o acordo para a proteção de infraestruturas críticas
26 de janeiro de 2012

Madri, 26 de janeiro de 2012.- Esta manhã foi celebrado o ato de assinatura que consolida o consórcio criado pela Elecnor Segurança, Willis Ibéria, GTD Sistemas de Segurança e SGS com o objetivo de proteger as infraestruturas críticas.

No ato celebrado na sede da Willis Ibéria, estiveram presentes Antón Serrats, conselheiro delegado da Willis Ibéria; Miguel Belló, diretor da Elecnor Segurança; Ángel Ramírez, presidente da GTD Sistemas de Segurança e José Manuel Pérez, diretor da SGS.
Esta colaboração surge pela recentemente aprovada Lei 8/2011, de 28 de abril, que estabelece a obrigação que devem assumir tanto as Administrações Públicas como os operadores privados das infraestruturas críticas de adotar uma série de soluções e ações para garantir o seu funcionamento, já que prestam serviços essenciais para a sociedade. 

O consórcio formado pela Elecnor Segurança, Willis, GTD Sistemas de Segurança e a SGS, nasce com o objetivo de oferecer soluções e serviços integrais para cumprir com as obrigações derivadas indicadas na Lei, através das capacidades, habilidades, experiências e melhores práticas dos operadores.

O conjunto de serviços oferecidos pelo consórcio inclui o serviço integral de desenho, direção, execução, engenharia e colocação em funcionamento do Plano do Operador, Planos Específicos das Instalações, Planos de Segurança Patrimonial e Física, Segurança Informática, Matriz e Análise de Riscos, Comunicações, Procedimentos, além de serviços de recuperação e continuidade de negócio.