A Elecnor vai construir a maior usina fotovoltaica da Austrália por 133,5 milhões de euros
Madrid, 19 de abril de 2017

Madri, 19 de abril de 2017 – A Elecnor recorreu à modalidade "chave na mão" (EPC) para contratar a primeira fase do projeto Bungala Solar, Bungala One, uma usina solar fotovoltaica de 137 MWp com um investimento de 189 milhões de dólares australianos, cerca de 133,5 milhões de euros.

Situada ao norte de Port Augusta, no estado de South Australia, o Bungala Solar é o maior projeto fotovoltaico desenvolvido até a data na Austrália e será o maior realizado pela Elecnor com esta tecnologia de geração elétrica. O complexo terá uma potência de 374 MWp e será realizado em três fases. As duas primeiras fases, Bungala One e Bungala Two, terão uma potência instalada de 137 MWp cada. Os restantes 100 MWp estão em fase de desenvolvimento. 

A Elecnor irá construir a usina de Bungala One para o consórcio investidor constituído pela Enel Green Power e pela Dutch Infraestructure. A usina terá mais de 437.000 painéis solares dispostos em uma superfície próxima de 250 hectares, que produzirão energia suficiente para abastecer 39.000 lares. Está previsto que a usina evite a emissão anual de 198.000 toneladas de CO2, equivalentes ao consumo de 85 milhões de litros de gasolina por um motor de combustão. A usina estará operacional no terceiro trimestre de 2018.


Projetos na Austrália
Com este terceiro projeto e somando os 100 MW construídos anteriormente, a Elecnor se consolida como uma empresa de referência na Austrália para projetos "chave na mão" no âmbito das energias renováveis. 

A Elecnor atua na Austrália por meio de uma filial criada em 2014, com sede em Melbourne, cujo foco é o desenvolvimento de negócios de infraestruturas e energias renováveis nesse país.