A Elecnor vai construir o maior parque eólico do Chile por 75 milhões de euros
O promotor é a Latin American Power, uma das empresas líderes na América Latina no setor das energias renováveisO complexo terá uma capacidade instalada de 184,8 MW e será composto por 56 turbinas de 3,3 MW cada
13 de maio de 2015

Madri, 13 de maio de 2015.- A Elecnor assinou um acordo no valor de 81 milhões de dólares (cerca de 75 milhões de euros) com a Latin American Power (LAP), uma das empresas líderes na América Latina no desenvolvimento e operação de projetos de energias renováveis, para a construção do Parque Eólico San Juan, que será o maior complexo eólico do Chile. 

Este complexo, situado na III Região de Atacama, na zona costeira a sul do município da Comunidade de Freirina, terá uma capacidade instalada total de 184,8 MW, graças às 56 turbinas com 3,3 MW cada uma. 

A Elecnor será encarregue da completa execução do BOP (Balance of Plant) assim como da engenharia, do fornecimento e da construção do sistema de transmissão do parque que inclui 84 quilômetros de linhas em 220 kV, a subestação elétrica San Juan e a ligação à subestação elétrica Punta Colorada, ponto de chegada ao Sistema Troncal chileno.

Esta nova adjudicação no Chile impulsiona a atividade da empresa em um país em que as Energias Renováveis Não Convencionais (ERNC) aumentaram bastante a presença nos últimos anos e que pretende chegar a 2025 com 20% de geração com este tipo de energias.