creemos-en-el-talento.JPG

Elecnor assina um acordo de colaboração para promover a inserção no mercado de trabalho de pessoas vulneráveis na Espanha

Elecnor assina um acordo de colaboração para promover a inserção no mercado de trabalho de pessoas vulneráveis na Espanha

• O projeto #EmpregoParaTodos, da Fundação Adecco, tem como missão erradicar a exclusão social que afeta os grupos mais vulneráveis através do emprego

Madrid, 8 de fevereiro de 2021

O grupo espanhol de infraestruturas, energia, serviços e telecomunicações - Elecnor anunciou hoje a assinatura de um acordo com a Fundação Adecco para promover a inserção no mercado de trabalho de pessoas em risco de exclusão social. 

A empresa deseja ampliar seu compromisso social com a comunidade neste complicado contexto de crise sanitária e social. Sendo assim, a Elecnor aderiu ao programa #EmpregoParaTodos da Fundação Adecco, uma entidade que há mais de 20 anos trabalha para facilitar a empregabilidade de grupos de pessoas especialmente vulneráveis. O acordo foi subscrito por Rafael Martín de Bustamante, conselheiro delegado da Elecnor, e Francisco Mesonero, diretor geral da Fundação Adecco.

O objetivo da iniciativa é ajudar pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social a encontrar um emprego que lhes permita normalizar sua vida e evitar a exclusão social. As pessoas com deficiência, famílias monoparentais e/ou pessoas carentes são alguns dos grupos a que se destina este programa. Além disso, são grupos que sofrem com maior intensidade crises como a causada pela pandemia, sendo este tipo de iniciativa crucial para evitar as situações extremas de vulnerabilidade desencadeadas pelas crises, aumentando a taxa de pobreza.

O projeto #EmpregoParaTodos trabalha em duas áreas fundamentais: os que estão procurando um emprego e as empresas. Sendo assim, há uma equipe de consultores de integração que orienta, forma e acompanha as pessoas em risco de exclusão para que elas possam encontrar um trabalho no menor prazo possível; e, outra equipe, formada por especialistas que conhecem as necessidades das empresas. Esta equipe promove ambientes de trabalho sensibilizados através de estratégias de Diversidade, Equidade e Inclusão (De&I) que têm um impacto transversal na companhia.

O conselheiro delegado da Elecnor, Rafael Martín de Bustamante, destacou que “durante estes meses tão difíceis quisemos reforçar, mais do que nunca, nosso compromisso com as pessoas mais vulneráveis da sociedade, para ajudar a diminuir os níveis de pobreza e exclusão de nossa sociedade. Este acordo nos permitirá ajudar as pessoas em risco de exclusão através da autonomia, realização pessoal e a normalização que só é possível com um emprego”.

Por outro lado, Francisco Mesonero, diretor geral da Fundação Adecco, agradeceu o apoio da Elecnor e apelou à empatia e sensibilidade do setor empresarial: “Em conjunturas desfavoráveis e de incerteza, o compromisso do setor empresarial se torna crucial para que as pessoas mais vulneráveis não sejam duplamente prejudicadas pela crise. No entanto, não se trata unicamente de justiça social; apoiar pessoas com maiores dificuldades fomenta também a competitividade da empresa, tornando-a mais diversa, inovadora e sustentável”.

A Elecnor, através deste compromisso, continua dando passos na direção de um novo modelo de sociedade e de empresa, que deve contar com equipes diversas e inclusivas, formadas por pessoas com diferentes competências, habilidades, perspectivas e experiências. É exatamente nesta diversidade humana onde as empresas encontrarão a inovação e competitividade necessárias para enfrentar um futuro em constante transformação.